Projeto Criança e Consumo denuncia filme publicitário e site da Polly Pocket ao Conar

Consumidor RS - 31/05/2008

(…) o projeto Criança e Consumo, do Instituto Alana, apresentou a “Reclamação – Denúncia de Publicidade Abusiva: comercial televisivo e site na internet” ao Conselho de Auto-Regulamentação Publicitária (Conar). A representação demonstra que anúncio de TV, Supergaragem, da Pocket Pocket, e o site oficial da boneca, o www.pollypocket.com.br, estimulam o consumismo infantil. A denúncia do Criança e Consumo pede que o órgão suspenda a veiculação do filme e tire a página da web do ar.

De acordo com o documento, essa ação de comunicação mercadológica (toda e qualquer atividade de comunicação comercial empregada na divulgação de produtos e serviços independentemente do suporte ou do meio utilizado; ou seja, além de publicidades, anúncios impressos, comerciais televisivos, spots de rádio e banners na internet, são exemplos de comunicação mercadológica as embalagens, as promoções, o merchandising e a forma de disposição de produtos em pontos de vendas) da Mattel do Brasil Ltda. fere a legislação do país. No Brasil, publicidade dirigida ao público infantil é ilegal. Pela interpretação sistemática (entendimento conjunto das leis) da Constituição Federal, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), da Convenção das Nações Unidas sobre as Crianças e do Código de Defesa do Consumidor, pode-se dizer que a publicidade dirigida ao público infantil é proibida, mesmo que na prática ainda sejam encontrados diversos anúncios voltados para esse público. Além disso, ainda segundo a peça jurídica, o comercial e o site descumprem o Código Brasileiro do Auto-Regulamentação Publicitária, do Conar. A “Reclamação - Denúncia de Publicidade Abusiva: comercial televisivo e site na internet” foi entregue na 2ª feira passada (26/05/2008), ao Conar.

Veja o comercial Supergaragem, da Polly Pocket, em:
www.pollypocket.com.br/mall/toyshop/tv.aspx?tv_id=5

O projeto Criança e Consumo foi criado em 2005 pelo Instituto Alana, e é a única entidade que discute contínua e profundamente as relações entre criança e consumo no Brasil. As primeiras ações do projeto aconteceram em 2006 e foram o lançamento do livro Crianças do Consumo - A Infância roubada, de Susan Linn, e o 1° Fórum Internacional Criança e Consumo. Site: www.criancaeconsumo.org.br.

* Fonte: http://www.consumidor-rs.com.br

* Outras fontes:
http://www.endividado.com.br/materias_det.php?id=20988
http://www.alana.org.br/CriancaConsumo/(…)

* Comentário: A notícia não é recente, mas está sendo publicada como alerta.

Dê a sua opinião!

Espaço para comentários referentes ao assunto abordado nesta página.
Os comentários são de responsabilidade do autor e não representam necessariamente a opinião do Tabernaculonet.
Os comentários são lidos antes de serem publicados.

imagem CAPTCHA