Tabernaculonet
"Invadindo o Oculto com a Luz do Alto!"
www.tabernaculonet.com.br

>> MALIGNIDADES: NOVELAS

 

Novela "Alma Gêmea", da Rede Globo
>> Adicionado em 28/06/2005.
>> Por K. A. L., enviado por e-mail.

 

Como de costume assisti o primeiro capítulo da novela. Me surpreendi com o que eu vi em um único capítulo. Consegui perceber 10 mensagens que a Globo quis passar, porém só soube analisar as seguintes:

1- A abertura com o efeito de duplicata, transformando cada rosa em duas, passando a idéia de que ningúem existe sozinho.

2- Nome da personagem principal: Luna = Lua = símbolo esotérico e símbolo máximo do Islamismo.

3- Pedido à Nossa Senhora da Rosa Mística. Nome de santa mais sincretista impossível!

4- Trecho disfarçado da obra "O Banquete" de Platão, como blasfêmia da criação da humanidade. O trecho original diz: "...no princípio, éramos unos e havia três tipos de humano: o homem duplo, a mulher dupla e o homem-mulher, o andrógino... Sentindo-se completos, decidiram subir ao céu. Foram punidos por Zeus que os cortou pela metade... Desde então, cada metade não fez senão buscar a outra... Eros restaurou a unidade primitiva e nos faz buscar nossa metade perdida: os que vieram dos andróginos amam o sexo oposto, os que vieram dos homens e mulheres duplos amam os do mesmo sexo... Encontrar nossa metade: eis nosso desejo". Ocultando a parte que toca aos homossexuais e trocando a palavra "metade" por "alma gêmea", teremos a fala da avó de Luna, quando Rafael foi pedi-la em casamento.

5- Amor exacerbado pela natureza, típico dos cultos Celtas e Wicca (na verdade, cheguei a essa conclusão vendo o "making off" da novela no Vídeo Show do dia da estréia da mesma).

6- A prima de Luna (Cristina) fazendo promessa ao Diabo.

7- A desencarnação de Luna numa novela que diz seu autor não ser Espírita (imagine se fosse!).

8- Reencarnação de Luna na índia Serena. Mal a menina nasceu o Pajé já adivinhou o futuro dela.

Espero que essa análise, apesar de eu não ter nenhuma especialização, seja útil.

 

 

>> Fonte: K. A. L. (nome preservado), enviado por e-mail. Agradeço muito por ter enviado a matéria. Obrigado!

>> Nota: Não recomendo assistirmos o que já sabemos que não devemos assistir (devido ao histórico) para "comprovar" o óbvio.


Link desta página:
http://www.tabernaculonet.com.br/luz.php?facho=t00532

COPYRIGHT 2001-2019 Tabernaculonet© - LEGAL TRADEMARKS 2001-2019 Tabernaculonet™
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ao Ministério Vestes Brancas® - Website oficialmente na Internet desde 25/10/2001.
Para usar o material cite o nome e endereço do Tabernaculonet como fonte e não modifique os textos. A Deus toda Glória!