Shimaa D Eashoa Msheekha Bar-YHWH (Ehyeh-Asher-Ehyeh, Adonai, Elohim, El, El Shaddai, El Elyon, El Roi, El Olam)
[Em nome de Jesus Cristo Filho de Deus (Eu Sou O Que Sou, Senhor, Deus, O Forte, Deus Todo-Poderoso, Deus Altíssimo, Deus Que Vê, Deus Eterno)]
Lucifer nunca foi líder de nada! Ele nunca foi: "maestro dos anjos", "líder do louvor no céu", "o líder dos anjos, estando logo abaixo de Deus", "anjo governante" ou coisas do tipo. Nenhum termo deste tipo existe na Bíblia!
NÃO DÊ A SATANÁS UMA GLÓRIA QUE ELE NUNCA TEVE E NUNCA TERÁ! [Discorda? Clique aqui!]
IMPORTANTE: Regras de Uso deste site!

Clique aqui!

Curta nossa página no Facebook!

Acompanhe-nos no Twitter!
O Maior Chamado é conhecer a Deus
Clique aqui para saber da importância de CONHECER A DEUS! Clique aqui para ler as REGRAS DE USO

>> MALIGNIDADES: DESENHOS

 

Pokémon - II
>> Adicionado dia 16/12/2001.
>> Por Jehozadak A. Pereira, para o website Aleluia.com.br.

 

No Japão os Pokémons foram lançados em 1995. O nome Pokémon é a junção de Pocket Monsters ou Monstros de Bolso, e foram lançados como um jogo para Game Boy, o videogame portátil, da Nintendo.

Na seqüência surgiu a história em quadrinhos e no final de 1996, o desenho animado para televisão. Produtos com a marca Pokémon foram lançados e de imediato tornaram-se sucesso estrondoso entre as crianças japonesas, que se renderam às criaturas.

O mesmo sucesso ocorre nos Estados Unidos, quando o desenho animado, agora já chamado de Pokémons, estreou no canal Warner americano. Ao ser lançado no Brasil, na esteira de outros desenhos japoneses como Speed Racer, Sailor Moon, Cavaleiros do Zodíaco, a Princesa e o Cavaleiro. No Brasil o desenho animado é apresentado pela TV Record, televisão que é ligada à Universal do Reino de Deus, para espanto, já que a rede é de orientação supostamente religiosa.

Em 16 de dezembro de 1997, cerca de 13.000 crianças japonesas passaram mal, sendo que 685 crianças precisaram de atendimento médico. O motivo do mal estar foi uma cena de cinco segundos onde o personagem principal, o monstrinho amarelo Pikachu, soltou raios de luz coloridos pelos olhos de forma intensa. Os sintomas do mal estar foram convulsões e adultos também passaram mal ao assistirem à cena nos telejornais. Por conta disto, as ações da Nintendo caíram cerca de 4% na Bolsa de Valores de Tókio. Os produtores do desenho, negaram que tivessem usado de efeitos especiais, e que o incidente foi causado pela sensibilidade das crianças às luzes.

 

A trama central

A saga conta às aventuras de quatro heróis infantis - pequenos mestres ou mestrinhos treinadores de 151 monstros Pokémon. Os Pokémons defendem causas boas e, ao fazê-lo, melhoram sua auto-estima, crescem e evoluem.

Pokémons são as armas dos meninos treinadores na sua luta pelo bem, uma luta do bem contra o mal. Treinar um Pokémon significa estar sensível aos seus amores e horrores. A relação entre treinado e treinador é profundamente sentimental. O objetivo é o crescimento. Os 151 bichos-heróis-domesticados são divididos em cinco tipos: veneno, água, elétrico, fogo e psíquico. Entre os Pokémons, há os básicos, formas passíveis de evolução, que guardam alguma semelhança com a natureza. Os Beedrill, por exemplo, seres meio abelha, meio borboleta, são formas resultantes da transformação de uma larva chamada Kahuna. Um dos motivos de tanto fascínio do desenho entre as crianças pode ser explicado pelo fato de as crianças estarem no comando das situações, e podem domar seres poderosos, que evoluem em direção a formas mais fortes. O Machop se transforma em Machoke e em Machamp, o Pokémon superpoderoso.

Os Pokémons são considerados pelos especialistas como um poderoso meio de auto-ajuda infantil, pois a luta dos personagens sempre vem reforçada por metas de reforço pessoal. O desenho ritualiza as passagens da vida com referencias cosmológicas totalizantes, que vão dos mistérios das larvas às estrelas. Cada episódio termina com uma lição de moral.

Os personagens

Ao todo já foram computadas as existências de 150 espécies de Pokémon derivadas de 15 elementos da natureza: água, fogo, eletricidade, pedra, gelo, terra, vegetal, insetos e veneno. Há também os fantasmas, os normais, os psíquicos, os voadores e os dragões entre outros. Segundo os autores, muitas espécies de Pokémon ainda não foram identificadas e outras já estão extintas.

Pikachu: É o principal Pokémon de Ash. O carismático ratinho elétrico se tornou um grande amigo de seu treinador. Seu choque do trovão é arrasador, é independente e temperamental, recusa-se a viajar dentro das pokebolas, onde os pokémons são guardados;

Squitle: É um tipo de tartaruga Pokémon. Seu golpe principal é um violento disparo de água;

Bulbassauro: Deu um bom trabalho para Ash capturá-lo, mas foi vencido e se tornou um dos principais Pokémon do jovem treinador. Odiava os seres humanos, pois tinha sido abandonado pelo seu dono anterior;

Charmander: É um Pokémon do fogo. Seu poderoso lança-chamas é capaz de cozinhar seus adversários. Quando jovem era fiel, mas medroso. Evoluiu para a forma atual - agressivo e desobediente, e depois se tornou o dragão Charizard, ainda mais poderoso;

Koffing: James usa esse Pokémon gasoso para tentar vencer seus adversários. Seu gás venenoso pode ser mortal;

Ekans: É o Pokémon usado por Jesse durante seus ataques. É um tipo de cobra que possui uma grande força;

Weezing: É a forma evoluída do Koffing;

Arbok: Depois de muitos combates, a Ekans evoluiu para Arbok;

Mew: É o raríssimo 151º Pokémon. Os cientistas usam o DNA de um fóssil seu. Possui poderes psíquicos e pode se materializar em outro local.

Mewtwo: É o clone de Mew, e é mais poderoso que o original e tem ódio da raça humana e da forma como os pokémons agem de maneira passiva com os seus donos. Sua intenção é destruir os seres humanos.

Lema da equipe Rocket

"Para proteger o mundo da devastação. Para unir os povos de nossa nação. Para denunciar os males da verdade e do amor (os grifos são deste autor) para estender nosso poder às estrelas". O objetivo maior da equipe Rocket é roubar Pokémons raros para seu sinistro chefe. Porém falham sempre, e não conseguem roubar nada.

Evolução Pokémon

Os autores dizem que os Pokémons são criaturas incríveis. Além de possuírem vários tipos de poderes, eles ainda podem evoluir. Quando um Pokémon é devidamente tratado por seu treinador ele muda de forma para uma mais desenvolvida. Uma boa alimentação, treinamento correto e muito carinho são elementos obrigatórios para um Pokémon evoluir. Um monstrinho de bolso pode ser forçado a mutar usando pedras especiais. As pedras usadas podem ser a pedra da Água, a pedra do Fogo, ou a pedra do Trovão.

Um alerta

É possível identificar em Pokémon, algumas coisas perigosas. Vejamos:

Esoterismo: a presença na trama de elementos da natureza, como a água, o fogo, a eletricidade, a pedra, o gelo, a terra, o vegetal, os insetos e veneno; desta vez um pouco mais ampliada em relação à prática comum que é a utilização dos famosos quatro elementos: o fogo, a terra, a água e o ar. O esoterismo da Nova Era, usa os quatro elementos como a base de todas as coisas, o leitor poderá ter uma idéia melhor a respeito do assunto lendo o meu livro O que são Temperamentos?, onde trato do assunto detidamente. O uso amplo destes elementos faz parte do esoterismo chinês e japonês, que os enumera em treze tipos. Dizem os críticos que os desenhos são para iniciados. O esoterismo considera como iniciação à descida nas trevas do inconsciente pessoal onde se acumulam as energias que serão trazidas à luz do dia, para serem utilizadas na vida corrente (convém lembrar que no Japão crianças passaram mal por que foram expostas à luz excessiva do filme).

Espiritismo: embora a trama do desenho não fale absolutamente nada a respeito de morte, e nem de reencarnação, fala clara e fartamente de evolução. Os Pokémons evoluem de um estado para outro. A sutileza está em introjetar nas mentes das crianças a idéia de transformação constante, outra nuance do esoterismo e da Nova Era, a mutação constante, o que não deixa de ser uma forma de evolução.

Psíquica: se os leitores lembrarem, vão ver que um dos modos utilizados por Hitler para dominar e subjugar o povo alemão, foi através de métodos psíquicos. Hoje uma das práticas mais utilizadas é a captura da mente humana, e seja pela psicologia ou subjetivismo.

No Japão, associações de pais têm protestado contra os produtores e os canais que exibem Pokémon, por causa do seu enredo cuja simbiose de esoterismo, espiritismo, e psíquico tem capturado a mente dos seus filhos. Porém, um fato é para ser considerado: os produtos inspirados na série, que vão desde brinquedos, roupas, cadernos, livros, agendas, filmes de vídeo, e até comida faturam cerca de US$ 3,14 bilhões por ano, faturamento considerado somente no Japão. Ou seja, na busca do faturamento financeiro bilionário, não se hesita em corromper e contaminar as mentes de infantes.

Convém lembrar que os pokémons não são os únicos desenhos ou filmes que apresentam nos seus enredos subjetivismo, espiritismo, esoterismo e congêneres. Filmes como o Castelo Rá-tim-bum, O menino maluquinho, South Park, Os Simpsons, entre outros trazem no seu bojo todo o tipo de introjeção e contaminação espiritual.

O que podemos concluir é que crianças indefesas estão sendo expostas a todo tipo de subjetivismo espiritual possível. Exposição deturpada e maligna, que corrompe e avilta.

Qual é o antídoto perfeito para combater este mal? Deuteronômio 6:6-7: "E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração: E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te". O antídoto perfeito é a Palavra de Deus!

 

 

>> Fonte: Jehozadak A. Pereira, para o website Aleluia.com.br, em 29/09/2000. Informamos que a matéria está divulgada de forma integral e sem alterações ou cortes no texto.

 

CLIQUE AQUI para voltar (esse botão equivale ao VOLTAR/BACK do seu navegador)


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons: Sempre citar a fonte | Proibido uso comercial | Proibido fazer alterações        Envie esta página para alguém!        Clique aqui para abrir a versão para impressão        


Sobre o site  |  Política de Privacidade  |  Regras de Uso   |   Atualizações   |   Blog   |   Contato



Jesus Cristo é Deus, veio em carne, morreu e ressuscitou ao terceiro dia, subindo em Glória ao céu onde está à direita do Pai e teve Seu Nome posto acima de todos os nomes!



COPYRIGHT 2001-2019 Tabernaculonet© - LEGAL TRADEMARKS 2001-2019 Tabernaculonet™
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ao Ministério Vestes Brancas® - Website oficialmente na Internet desde 25/10/2001.
Para usar o material cite o nome e endereço do Tabernaculonet como fonte e não modifique os textos. A Deus toda Glória!