Shimaa D Eashoa Msheekha Bar-YHWH (Ehyeh-Asher-Ehyeh, Adonai, Elohim, El, El Shaddai, El Elyon, El Roi, El Olam)
[Em nome de Jesus Cristo Filho de Deus (Eu Sou O Que Sou, Senhor, Deus, O Forte, Deus Todo-Poderoso, Deus Altíssimo, Deus Que Vê, Deus Eterno)]
Lucifer nunca foi líder de nada! Ele nunca foi: "maestro dos anjos", "líder do louvor no céu", "o líder dos anjos, estando logo abaixo de Deus", "anjo governante" ou coisas do tipo. Nenhum termo deste tipo existe na Bíblia!
NÃO DÊ A SATANÁS UMA GLÓRIA QUE ELE NUNCA TEVE E NUNCA TERÁ! [Discorda? Clique aqui!]
IMPORTANTE: Regras de Uso deste site!

Clique aqui!

Curta nossa página no Facebook!

Acompanhe-nos no Twitter!
O Maior Chamado é conhecer a Deus
Clique aqui para saber da importância de CONHECER A DEUS! Clique aqui para ler as REGRAS DE USO

>> CRENÇAS: ARTIGOS

 

Entenda porque não concordamos com os conceitos do símbolo oriental Yin-Yang
>> Adicionado em 01/08/2009.
>> Por Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet.

 


A parte branca seria o Bem, a Luz, o Positivo, o Alto, o Masculino...
A parte preta seria o Mal, as Trevas, o Negativo, o Baixo, o Feminino...
Apesar dos dois lados serem opostos ambos tem o mesmo tamanho e formato. A parte branca tem um ponto preto, e a parte preta tem um ponto branco. Uma parte entra dentro da outra. Isso seria a expressão da harmonia e do equilíbrio entre os dois lados iguais. Este equilíbrio seria a base de tudo.

Muitas pessoas não entendem porque não concordamos com os conceitos do símbolo Yin-Yang, provavelmente o mais usado e difundido símbolo de crenças do extremo oriente. Vamos comparar os conceitos do símbolo com os ensinos da Bíblia e as bases do Evangelho de Jesus Cristo, e com isso você vai perceber que nossas crenças, como cristãos, são muito diferentes dos conceitos, filosofias e crenças expressas pelo símbolo Yin-Yang.

Você vai ver que, diferente dos conceitos orientais do Yin-Yang, relativos e interpretativos, a Bíblia é clara, direta e definidora.

Teoria da Relatividade versus Verdade Absoluta

A Teoria da Relatividade é um dos conceitos expressos pelo símbolo Yin-Yang. Ela diz simplesmente que "tudo é relativo" (isto é, que não existem verdades absolutas) e que o que existem são "visões diferentes de um mesmo conceito ou idéia", sendo que não existem visões certas ou erradas, somente "visões diferentes", cada uma sendo relativa.

Este conceito é completamente diferente dos ensinos básicos do Evangelho de Cristo. A Bíblia prega uma única Verdade, Absoluta, um único Caminho que leva a Deus, e se separa definitivamente de todos os outros conceitos e "caminhos".

"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." (João 14:6)

"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus." (I Timóteo 2:5)

"Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual existem todas as coisas, e por ele nós também." (I Corintios 8:6)

"Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti." (Isaías 64:4)

Conceitos de Bem e Mal do Yin-Yang versus Conceitos de Bem e Mal da Bíblia

O Yin-Yang expressa que Bem e Mal são contrários mas relativos e "complementares", algo como "vibrações altas ou baixas", positivas ou negativas. Expressa que "o Bem não é totalmente bom, tendo um pouco do Mal", e o pior, que "o Mal não é totalmente mau, tendo um pouco do Bem". Indo além, expressa que o Bem e o Mal são necessários para, harmonizando-se, conseguir-se o "equilíbrio da vida".

Isso tudo é completamente oposto aos ensinos Bíblicos! Não tem como fingir que não é contrário ao Evangelho de Cristo. Também cremos que existem Bem e Mal, e que um não existe sem o outro, mas é aí que começam as diferenças de crenças.

Bem e Mal como iguais

O primeiro maior problema é que estes conceitos colocam o Bem e o Mal em total igualdade. Isso é completamente diferente dos ensinos Bíblicos, pois jamais teríamos como comparar o Bem com o Mal, Deus com Satanás (Diabo, Lucifer...). É simples entender porque pra nós o Bem é muito superior ao Mal: segundo a Bíblia Satanás era um querubim, e como todos os outros anjos foi criado por Deus. Dito isso fica claro uma criatura não pode se igualar ao seu Criador. Além disso, Satanás não tem nenhum dos três atributos principais de Deus: onipotência, onisciência e onipresença. Lúcifer foi criado como anjo e apesar de ter trocado de lado não teve seu poder aumentado ou algo do tipo. O mesmo ocorreu com os anjos caídos que o acompanharam. Suas patentes foram mantidas "do outro lado". É algo que está na essência deles.

A Bíblia tem algumas passagens que falam coisas grandiosas sobre Lucifer (apesar de não ter este nome na Bíblia, vamos identificar Satanás quando era querubim por este nome), mas em nenhum momento diz que ele era "regente do coral de anjos"; "maestro da orquestra de anjos"; "líder dos anjos"; "segundo em hierarquia, estando somente abaixo de Deus"; e outras idéias sem base que expressam por aí. Até mesmo alguns cristãos tem estas idéias absurdas, puro engano maligno. Satanás pode ser o líder dos demônios, príncipe das trevas, mas até o mais poderoso ser do Mal é muito inferior a Deus, Senhor do Bem.

Deus é o Criador de tudo, sempre existiu e detém o controle da história em todo o universo. Satanás tem um poder limitado e só atua em nosso planeta Terra, onde foi confinado desde que foi lançado fora do céu. Nem mesmo no inferno ele manda! Jesus Cristo quando foi morto na cruz foi ao inferno tomar de Satanás as chaves da morte e do próprio inferno.

Palavras de Jesus: "Eu sou o que vivo; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do inferno." (Apocalipse 1:18)

Apóstolo João falando sobre Jesus: "Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens; a luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela." (João 1:4-5)

"Não vos admireis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo." (João 5:28-29)

"Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem." (Romanos 12:9)

Hebreus 1:1-4:
1. "Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas,
2. nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo;
3. sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo ele mesmo feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade nas alturas,
4. feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles."

Efésios 4:4-6:
4. "Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
5. um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
6. um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos."

"Eis que vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões, e sobre todo o poder do Inimigo [Satanás]; e nada vos fará dano algum." (Lucas 10:19)

"E então será revelado esse Iníquo [o anticristo], a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda" (II Tessalonicenses 2:8)

Harmonia entre Luz e Trevas

O segundo maior problema é misturar Luz e Trevas. Expressar que Luz e Trevas são iguais, apesar de opostas, e que é necessário haver uma "harmonia" entre elas é totalmente diferente do que é ensinado na Bíblia, a Palavra de Deus. A Bíblia diz que não existe comunhão entre luz e trevas. Além disso, como já foi dito, só há dois caminhos: luz (Deus > céu) e trevas (Satanás > inferno), então é impossível que possa haver harmonia entre luz e trevas.

"E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e nele não há trevas nenhumas." (I João 1:5)

"Então Jesus tornou a falar-lhes, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue de modo algum andará em trevas, mas terá a luz da vida." (João 8:12)

"Porque todo aquele que faz o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas." (João 3:20)

"Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas?" (II Corintios 6:14)

Efésios 5:6-11:
6. "Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.
7. Portanto não sejais participantes com eles;
8. pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz
9. (pois o fruto da luz está em toda a bondade, e justiça e verdade),
10. provando o que é agradável ao Senhor;
11. e não vos associeis às obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as"

"Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas" (I Tessalonicenses 5:5)

"Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca." (Apocalipse 3:16)

Palavras de Jesus: "Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha." (Mateus 12:30)

Conclusão

Não temos objetivo de simplesmente atacar as religiões orientais. O objetivo deste artigo, como informado no início, é explicar porque nós cristãos não concordamos com o símbolo Yin-Yang, citando as diferenças entre os conceitos do símbolo e a Bíblia.

Esperamos que tudo tenha ficado claro para que fique fácil entender porque não concordamos com o símbolo Yin-Yang.

Deus te abençoe!

 

 

>> Autor: Gustavo Guerrear, editor do Tabernaculonet.

 

>> Leia também:
SÍMBOLOS: Yin-Yang

 

CLIQUE AQUI para voltar (esse botão equivale ao VOLTAR/BACK do seu navegador)


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons: Sempre citar a fonte | Proibido uso comercial | Proibido fazer alterações        Envie esta página para alguém!        Clique aqui para abrir a versão para impressão        


Sobre o site  |  Política de Privacidade  |  Regras de Uso   |   Atualizações   |   Blog   |   Contato



Jesus Cristo é Deus, veio em carne, morreu e ressuscitou ao terceiro dia, subindo em Glória ao céu onde está à direita do Pai e teve Seu Nome posto acima de todos os nomes!



COPYRIGHT 2001-2017 Tabernaculonet© - LEGAL TRADEMARKS 2001-2017 Tabernaculonet™
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ao Ministério Vestes Brancas® - Website oficialmente na Internet desde 25/10/2001.
Para usar o material cite o nome e endereço do Tabernaculonet como fonte e não modifique os textos. A Deus toda Glória!Site Meter